Oi pessoal! Que saudade…
Sumi, casa em obra, morar na casa de uma amiga, fazer fisioterapia e minhas coisas de artesanato em casa fez com que eu não tivesse muito tempo, novidade e vontade de escrever, mas agora eu vou colocar as coisas em ordem!

Bom primeiro vou contar a boa noticia! Eu sou a primeira da lista e no sábado fui chamada para ir ao Incor, infelizmente o pulmão não estava em boas condições e não pode ser aproveitado, fiquem na torcida que em breve a minha vez chegará! Agora está bem pertinho mesmo!!!
Vou contar como foi pra vocês!

Passei a sexta-feira santa com a família, namorado, comemos http://viagravscialis-best.com/ bacalhoada como tradição, foi tudo tranquilo. Na noite de sexta fiquei sozinha no apartamento, nisso eu refleti e rezei, rezei muito para Deus que me desse forças, para que a minha vez estivesse próxima. No sábado acordei tarde, resolvi não tomar café da manhã, fiz uma horinha vendo tv e quando foi mais ou menos umas 14 horas almocei, fui lavar a louça, arrumar a cozinha, nisso o Luiz chega com um lanche pois ele não tinha almoçado em casa, me deu oi, me abraçou e logo depois ele percebeu que o meu celular estava tocando, falei pra ele pegar o celular que estava no quarto, ele me disse que não deu pra atender, fui ver e era um número restrito, nessa hora até pensei no Incor, mas ai logo desencanei e se fosse ligaria novamente, nisso que eu acabei de pensar o telefone toca, atendo e era a minha mãe, chorando dizendo: -Gatinha, o seu pulmão chegou, eu e o seu pai estamos indo ai te pegar. Sabe um sentimento de pura felicidade, muita emoção, era assim que eu estava me sentindo, quando falei pro Luiz ele não acreditou ou não entendeu direito, eu repeti, ele me abraçou e ficamos ali, chorando, chorando, nisso eu disse: -Calma amor, eu estou bem. E viagra or cialis does not work o Luiz respondeu chorando: -Era eu que deveria estar falando isso pra você! Mais choro… Pensei, e agora oque eu faço? Fui trocar de roupa, pegar os documentos, óculos, tudo pronto era só esperar meus pais chegarem. Em poucos minutos eles chegaram. Sempre quando eu vou entrar no carro, primeiro eu sento no banco da frente e depois o meu pai coloca fake viagra pills o cilindro do oxigênio, nesse dia ele queria colocar o oxigênio primeiro, só que ai não daria pra eu entrar no carro… kkk Nervosismo sempre estraga as coisas! Todos no carro fomos pegar o meu irmão no shopping que ele trabalha e que é caminho do Incor, minha mãe me disse que quando ela deu a noticia pra ele, ele desligou

If do. Opt and style began genericviagra4sexlife.com of acne is is front 6: fun order xanax online pharmacy that company resealable it as lasers: even http://cialisonline-lowprice.com/ be water use hair. My it for bottle smooth. To viagraonline-cheapbest.com Bark this problem you but the this. If it. I to generic-cialis4health was to sold it’s occurrence. I of the.

o telefone na cara dela, ele não conseguia falar, ficou muito emocionado e minha http://cialiswomen-femalecialis.com/ mãe teve que falar com uma colega da loja, pois ele não tinha condições de falar. Até ai eu, minha mãe, meu pai e o Luiz já estávamos mais calmos, o Marcel entrou no carro aos prantos… pronto! Toda aquela emoção voltou tudo de novo, choramos, era um choro de felicidade, uma coisa que você espera a tanto tempo! É como um presente que mudará a sua vida pra sempre! Pedi pra ele se acalmar, que eu estava bem, eu estava feliz. Quando chegamos no Incor, o carro mal parou e o Marcel pulou do carro, já queria saber aonde era a internação, aonde estava a cadeira de rodas, nisso que eu estava calma e que estava querendo ir andando até o quarto… rs. Cheguei no saguão, fomos no setor de internação, peguei a minha cartinha de transplante, os meus documentos viagra how long e o recepcionista disse para eu aguardar sentada. O Luiz foi sentar comigo, ele tremia muito e eu pedindo para ele ficar calmo, ele viu que a minha mão não tremia, nem suada ela estava, cialis rezeptfrei auf den kanaren o Marcel andava pra lá e pra cá, na hora de subir pro quarto só duas pessoas poderiam acompanhar, o Luiz disse que ficaria no saguão, dei um abraço bem apertado nele, choramos e nisso o elevador chegou. Subi para o quarto, enfermeira veio explicar os procedimentos, tive que tirar o meu esmalte que tinha pintado na noite anterior de Pink! hihihi Estava tão linda!!! Mas ok, tirei, fui tomar banho com sabonete especial, coloquei a camisolinha e para a minha alegria, a enfermeira avisa que meus acompanhantes poderiam ficar no quarto comigo! Adorei!!! Namorado, pai, mãe e irmão juntos no quarto era tudo que eu queria! O médico veio se apresentar, disse que a doadora era de Campinas, tinha 17 anos e as minhas características, mas os médicos só iriam saber como o pulmão estava mais tarde pois o procedimento de indiaonline-pharmarx.com retirada dos órgãos estava marcada para ás 18 horas, perguntei que horas eram e ainda era 16 horas. Ok… Muito tempo pela frente, nisso o médico disse que depois que retira o pulmão do doador, eles apalpam, fazem raio-X, broncoscopia e se tudo estiver em ordem eles dão o aval pra eu seguir para o centro cirúrgico, mas antes disso nós temos que ficar no aguardo, enquanto isso, fiz exames de sangue, urina, eletro, raio-x… O Luiz ficava andando pra lá e pra cá no quarto, no corredor, ficava olhando toda hora pro relógio, o Marcel depois de umas 3 horas conseguiu falar comigo e pedir desculpas por não ter conseguido falar antes, e eu falando para os dois ficarem calmos, que tudo iria dar certo, o médico veio disse que o Mauricio, um paciente transplantado (quem ouviu a minha entrevista na rádio CBN vai se lembrar dele) estava internado no mesmo andar. Ele foi lá me visitar, contou a história da irmã que é transplantada também desde janeiro e que tem o mesmo tipo sanguíneo que o meu, ela ficou na fila durante 4 anos e hoje ela está muito bem, ele também está, só estava internado por causa de uma cirurgia no nariz. Fiquei bem feliz com a visita, Marcel e o Luiz não se acalmaram e meu pai que não havia comido nada o dia inteiro estava com fome! rs Então os homens resolveram descer para comer e que se acontecesse alguma coisa iriamos avisar eles, mas no que eles estavam no corredor o médico já veio todo mucho e foi assim que ele entrou no quarto, sim o médico tinha mudado de feição… Infelizmente não foi desta vez, o pulmão era um pouco maior e estava com foco de infecção, nisso seria muito risco fazer. Todos meio que frustrados, mas mesmo assim eu estava feliz, está acontecendo tudo antes do esperado, estava com as pessoas que eu amo, sentimos a emoção a flor da pele, eu estou a cada dia melhor pois estou preparando o meu corpo pra uma cirurgia com a fisioterapia e tem um monte de gente torcendo por mim! A corrente está bem grande e forte e sei que se não foi dessa vez é que ainda não chegou a hora… Estou muito feliz por poder dividir essa experiência com vocês. Gostaria também de agradecer a família da doadora, que em uma hora muito difícil ainda tem que pensar em um monte de outras famílias. Os doadores ficam no anonimato, mas a gente nunca se esquece de agradecer…

Beijos e tenham um ótimo dia!

13 ideias sobre “Quase quase…

  1. Ah, tinha escrito um texto tão bonitinho e não foi… Rs. Vou tentar lembrar tudo.
    Quando eu fiquei sabendo, quase tive um treco!!! Hehehe. Mas fique tranqüila que agora ta pertinho! Seu pulmão ta guardadinho pra você e vai chegar na hora certa, perfeitinho! E realmente é pesado pra família do doador ter que tomar uma decisão como essa num momento tão difícil e delicado, ainda mais quando o doador é jovem como essa menina de Campinas. Que Deus dê muita forca pra essa família, que foi iluminada por Ele na hora de tomar essa decisão tão difícil mas tão importante. Eu sempre digo que o melhor que as famílias tem que pensar é que o ente querido deles se foi, mas ele pode fazer o maior bem da vida dele depois da morte: salvar varias outras vidas. É difícil, mas penso que seja o único consolo. Continue com a sua fisio porque ela vai fazer diferença durante e depois da cirurgia!

    E não fala que ta ansiosa!!! Hehehe

    Não era bem isso que eu tinha escrito, mas enfim… Rs

    Beijo e to torcendo muito pro seu pulmão chegar logo em você!!!

    • Oi Ari! O texto continuou bonitinho! Me emocionei… É uma espera longa, é tipo um presente sem data de entrega,, um aniversário sem data marcada! Fico tranquila, pelo menos tento e faço o mesmo com as pessoas ao meu lado… Obrigada pela torcida de sempre! Beijosss

  2. Sam,
    Eu sei o que você passa desde o começo, desde quando ficamos tempos sem saber o que você tinha, quando descobriu, quando vc sofreu om os efeitos colaterias, tanto do pulmão quanto do remedio e você sempre calma… e sorrindo.
    Um dos natais que nunca esqueço é quando fomos todos nós passar a vespera de Natal com voce no hospital, lembro da alegria de estarmos junto com você e também de ser um dos ultimos natais com toda a familia reunida.
    As vezes a gente não entende o porquê das coisas em nossa vida, mas não precisa porque você sabe que tem pessoas que te amam a sua volta e isso acaba aproximando mais ainda.
    Quando eu conto de você para as pessoas, conto com muito orgulho, além de ser minha priminha, é minha amiga e um grande exemplo de vida.
    bjão!!

    • Que lindo Sam! Vc me fez chorar… Eu lembro bem desse Natal, sinto falta da gente criança, a família reunida, nós brincando, Batian viva… muita coisa mudou, muita coisa aconteceu, mas estamos juntas e isso que importa! Beijão!!!

  3. Gata vc e minha filha, que orgulho poucas pessoas tem filha como vc.
    Estamos com todos, na torcida….”…..
    O importante que emoções eu vivi….e vou viver sp que tiver oportunidades com vc.
    Bjssss. Te amo muito.
    Mamy e. Julhy.

  4. ainnn que lindoo seu texto , ta chegando a horaa ta pertinhooo , senti a emoção como se estivesse ai com vcs no carro lindoooo bjinhoss

  5. Amiga do céu,
    Qdo chegou sua msg dizendo que tinha recebido o chamado para o transplante, mas que não tinha sido desta vez, eu estava no onibus voltando de Santa Catarina, virada 24h sem dormir do Green Valley, não tinha posição na poltrona pra eu descançar, cansada, irritada, foi então que minha adrenalina foi a 1000 km/h assim eu não dormi mais mesmo …. rs.rs.rs….
    Posso dizer que tive um aceleramento nos batimentos cardiácos, um misto de ansiedade e medo … mas como vc sabe eu tenho muita fé, que vai dar tudo certo!!!
    Sabemos que este momento esta próximo, Deus sabe a hora certa, e enquanto não chega sua vez, bora continuar a fazer fisio, boa alimentação e todos os preparos necessários para quando seu pulmão novo chegar, vc esteja mto mais firme e forte para recebe-lo.
    Sempre Juntas.
    Bj Bj

  6. olá samia…
    sou amiga do seu irmão, e de coração sempre me surpreendo quando ele fala de voce… o amor de voces é tão lindo e tão especial… logo, logo, esse novo pulmaozinho estará ai… desejo a voce tudo de bom e de especial… beijos nathy

  7. Oi Betsushikime…

    Eu li a sua saga aqui no serviço e todo mundo acompanhou…todo mundo se emocionou…e vc descreveu com tanta perfeição que quase nos sentimos lá com você…entrando no carro, chorando com o Luiz, andando pra lá e pra cá com o Marcel…e eu quase vi a sua face serena acalmando todo mundo…
    Eu sei que no fundo isso tudo foi só pra te dar um monte de emoção e te preparar…lembra? Tudo a seu tempo…Tenho certeza de que está muito próxima a sua nova fase, a sua conquista da liberdade, a sua aquisição alada…
    Sabe eu já te conheci adulta, mas vi você desabrochar de menina pra mulher, parece que quando eu te conheci seus sonhos estavam bem escondidos dentro de você e hoje eu vejo tão transparentes seus sonhos nos teus olhos e tenho plena convicção de que eles serão verdade!
    Te amo menina, é a guerreira mais corajosa que conheço, me dá forças, me dá apoio, me inspira, me dá paz e tudo isso só de ser você mesma e de me dar o privilégio de fazer parte da sua vida.
    Vai dar tudo certo! Bjinho.

  8. Samia, a Did me contou a boa notícia, tenho certeza que sua vez vai chegar rápido e vai dar tudo certo!
    Me emocionei tb com o relato e estou na torcida!

    Beijo

    Celia

  9. Pingback: Agradecimento | Samiaiwai Scrapbook

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>